19 de julho de 2021

Wrap Up Semanal

Brasil

Novo rebalanceamento do Ibovespa conta com expectativa de uma maior diversificação de setores e quantidade de ativos

A partir do mês de setembro, o Ibovespa sofrerá um novo rebalanceamento, onde analistas de mercado acreditam que os novos nomes serão de empresas de tecnologia e novos segmentos, ante uma carteira historicamente concentrada em setores tradicionais, como commodities e bancos.

As empresas mais cotadas são: Rede D’Or, Banco Inter, Petz, Banco Pan, Alpargatas e Méliuz.
Dentre alguns critérios para inclusão no índice, os ativos devem ser negociados com regularidade, não podem ser ações negociadas a um valor inferior a R$1 e a oferta não pode ter sido tão recente (IPO).

No dia 2 de agosto ocorrerá a primeira prévia divulgada pela B3, seguidas pelas demais pré-visualizações no dia 16 de agosto e 2 de setembro.

Fundos Imobiliários chegam a níveis recordes de captação no primeiro semestre de 2021

Mesmo com alguns pontos contrários, como o aumento da taxa de juros, os FII´s tem uma captação recorde no primeiro semestre de 2021. Se compararmos ao mesmo período de 2020, ocorreu um aumento de 44,3% em relação a volume captado.

A reforma tributária e o aumento da taxa de juros pelo BC, foram como pedras no caminho da expansão deste setor no mês passado. Ainda assim, os gestores indicam que essa elevação da taxa de juros não deve continuar atrapalhando estes papéis, uma vez que o mercado prevê a estabilização da taxa Selic em aproximadamente 6,5% no final do ano.

Doria autoriza financiamento externo de US$500 milhões para a Sabesp

Em sanção dada pelo governador de São Paulo, João Doria, na última sexta-feira, 15, a Sabesp foi autorizada a captar US$500 milhões em crédito internacional.

A ideia do financiamento é ampliar os serviços de saneamento de água e esgoto no estado, beneficiando, principalmente, a região da Baixada Santista, em continuação ao programa de expansão do tratamento de esgoto no litoral paulista.

Dos US$500 milhões que poderão ser captados, US$300 milhões serão  oriundos do New Development Bank (NDB), dos quais parte deve ser destinada a programas concentrados na Grande São Paulo, como Novo Rio Pinheiros, Projeto Tietê e Pró-Billings.

O recurso será utilizado, ainda, para financiar uma iniciativa da Sabesp de transformar os resíduos gerados no tratamento de esgoto, como forma de reaproveitamento energético.

Internacional

Devido à falta de vacinas, medicamentos e itens essenciais, Cuba enfrenta diversas manifestações contra e a favor do regime

No decorrer desta semana, milhares de manifestantes foram às ruas ao redor de Cuba para participar de protestos a fim de demonstrar a insatisfação das tratativas do Governo para serviços e itens essenciais, que vão desde a falta de vacinas e alimentos, até cortes recorrentes de energia elétrica.

Ainda assim, o Partido Comunista de Cuba reagiu convocando apoiadores do Governo para participarem de manifestações neste final de semana reafirmando o apoio ao Partido e demonstrando insatisfações contra embargos impostos pelos norte-americanos. O líder do país se pronunciou a respeito dos primeiros atos de insatisfação com o Governo e acusou que os participantes estavam sendo financiados pelos Estados Unidos. Mesmo sem dados oficiais, o número de prisões realizadas nestes atos contra o Regime está estimado em torno de 450, embora grande parte já tenha sido libertada.

Após reunião, OPEP concorda em aumentar produção de petróleo para redução de preços da commodity

Neste domingo, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP+) decidiu por realizar um aumento na produção da commodity a partir de agosto deste ano até o final de 2022. Decisão busca amenizar os preços do produto, que vinham em uma consistente alta por conta de algumas turbulências entre os países pertences à Organização, para colaborar neste processo de recuperação econômica mundial causada pela Pandemia.

Esta movimentação vai em direção contrária à realizada no ano de 2020, em que a OPEP+ reduziu a produção a níveis recordes a fim de conter os preços estáveis, uma vez que a Organização viu a demanda por combustíveis cair a níveis relevantes decorrentes de medidas restritivas em todo o Mundo.

Principais índices financeiros


Bolsa

Nesta semana, o Ibovespa fechou com uma variação semanal negativa de 1,28%, aos 125.960,26 pontos. Esse movimento ocorreu devido às incertezas com o aumento da inflação americana (divulgado pelo Fed), além da variante Delta ao redor do mundo e ao aumento do rendimento dos Tesouros americanos (treasuries). Além disso, na sexta-feira, houve o vencimento de opções no Ibovespa, valorizando blue chips (as maiores e mais valiosas empresas da bolsa).

Outro assunto que ganhou atenção nessa semana foi a mudança na futura Reforma Tributária. Paulo Guedes, retirou a possível taxação dos fundos imobiliários (FIIs) da nova proposta, uma vez que há grandes cargas tributárias para as empresas antes do repasse dos dividendos.

Os destaques positivos de empresas esta semana vão para a Smartfit (SMFT3), com uma valorização de 40% desde seu IPO;  Hering (HGTX3) com acréscimo de 13,83%; JHSF (JHSF3) valorizando-se 12,27%; Magazine Luiza (MGLU3) com alta de 9,03% e, por fim, a Cosan S.A (CSAN3) com +7,10%.

Dólar

O dólar desvalorizou-se cerca de 1,13% nessa semana, finalizando a semana cotado a R$5,12. Esse movimento ocorreu devido a divulgação da inflação nos Estados Unidos pelo Fed. Além disso, como ainda há incertezas referente a nova variante Delta e o começo da volta da economia global, o dólar perde um pouco a sua força. O aumento do PIB brasileiro, no segundo trimestre, demonstra otimismo com a economia local e aumenta a confiança de investidores internacionais para o país.

 

QUERO SABER MAIS SOBRE INVESTIMENTOS

Últimas notícias
Veja todos os insights